07 de abril de 2020 - 06:32

Cidades

26/03/2020 10:40 OlharDireto

Secretário diz que empresas vão ter que cumprir leis: >Não é fala do presidente que irá mudar tudo>

Em transmissão feita pelo Governo do Estado para informar o balanço do coronavírus, no início da noite desta quarta-feira (25), o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo declarou que confia no ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e garantiu que nada mudará em Mato Grosso por conta do pronunciamento do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) feito em rede nacional.

Segundo o secretário, as empresas que já pensam em retomar a normalidade de trabalho terão que seguir leis do Estado e do município, independente do que disse o presidente da República.
“Aqui existem leis. Se tiverem vigentes nos municípios e no Estado, as empresas serão obrigadas a cumprir. Não é uma fala do presidente que de um dia para noite irá mudar tudo. Estamos seguindo as premissas estabelecidas pelo Ministério da Saúde que tem um ministro que nós acreditamos e confiamos. Enquanto esta determinação continuar, nós vamos seguir estas recomendações”, disse.
Na noite desta terça-feira (24), o presidente da república, em pronunciamento, criticou o isolamento em massa que está acontecendo em todo o país e defendeu que apenas o grupo de risco (idosos) permaneçam em casa para evitar um colapso na economia.
Desde o pronunciamento, muitas empresas, inclusive de Mato Grosso, já avaliam retomar as atividades, descumprindo os decretos tantos estadual, quanto municipais.
Mais cedo, o governador Mauro Mendes (DEM), sem entrar na polêmica, como outros governadores, que inclusive entraram em atrito com o presidente, declarou que não proibirá nenhuma atividade econômica, desde que cumpra as regras.
 
“Vamos continuar a restringir o convívio social e a preparar toda a estrutura necessária para atender aos possíveis doentes do coronavírus. Mas, não iremos proibir nenhuma atividade econômica essencial, desde que haja a devida obediência às regras sanitárias”, afirmou.

Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.