21 de novembro de 2019 - 05:13

Polícia

12/07/2019 13:27

A delegada Elaine Fernandes da Silva, da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf/VG), disse – nesta sexta-feira (12) – que William Neto Le

Dois homens procurados pela Justiça por envolvimento em crimes de furto e roubo, respectivamente, ocorridos na cidade de Barra do Garças (509 km ao Leste de Cuiabá), tiveram os mandados de prisão cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, nesta terça-feira (09.07) e quinta-feira (11.07).

As duas diferentes ações foram deflagradas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças. A primeira situação, envolvendo o delito de subtração de gado, contou com apoio do setor de inteligência da Polícia Militar (PM-MT) do mesmo município.

O mandado de prisão preventiva cumprido no início desta manhã de quinta-feira (11.07), foi em desfavor de W.S.R., acusado de furto (abigeato) praticado no dia 15 de junho. O crime ocorreu em uma propriedade agrícola localizada na Rodovia MT-100, nas proximidades da cidade de Pontal do Araguaia.

Conforme apurado, o furto foi cometido por dois indivíduos, sendo um deles W.S.R, os quais subtraíram da fazenda 10 cabeças de gado, causando à vítima um prejuízo estimado em R$ 20 mil.

Após indícios de autoria, a Derf de Barra do Garças representou pelo pedido de prisão preventiva do acusado, que foi deferido pelo juiz local. Com o mandado de prisão em aberto, os policiais civis foram até a Cadeia Pública de Aragarças (GO), onde o suspeito está, e cumpriram a ordem judicial.

Já R.O.C.V., estava com mandado de prisão preventiva decretado pelo crime de roubo, praticado a uma farmácia situada no bairro São José, no dia 8 de junho. Na ocasião, dois homens, utilizando uma motocicleta, entraram armados no estabelecimento e cometeram o assalto.

Durante as investigações para apurar o fato, a Polícia Civil identificou R.O.C.V. como um dos autores, e acabou tendo o pedido de prisão preventiva decretado. Além do preso, também foi apreendida a motocicleta usada no roubo, pertencente a mãe do acusado.

Conforme o delegado da Derf de Barra do Garças que conduz os dois inquéritos, Nelder Pereira Martins, em ambos os casos, as diligências continuam para identificar e prender os comparsas dos suspeitos, que participaram das ações criminosas.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.