23 de agosto de 2019 - 08:34

Polícia

30/07/2019 10:21

Polícia prende suspeito de abusar de neto da companheira em MT

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta segunda-feira (29), F.R.H., de 55 anos, suspeito de abusar sexualmente o neto de 7 anos da companheira, no Bairro Tijucal, em Cuiabá. O caso foi descoberto após o menino contrair uma doença venérea.

O abuso foi investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica). Durante as investigações, ainda foi apontado que o suspeito já havia abusado das duas enteadas quando elas eram menores de idade.

 

Segundo a Polícia Civil, foi expedido mandado de prisão temporária (30 dias). Ao ser notificado da prisão, o suspeito chegou a resistir à prisão, tentando fugir da viatura policial.

 A denúncia chegou ao conhecimento da Polícia Civil em junho deste ano, por meio da mãe da criança, que comunicou a suspeita de estupro após o filho se queixar de dor anal. Ao levar a criança para atendimento médico, a mãe foi orientada a procurar a delegacia para requisição de exame de corpo delito na criança.

 
O exame confirmou o abuso sexual, além de doença venérea contraída. O menino também passou pela equipe psicossocial da delegacia, que atestou em laudo a violência sexual sofrida pelo menor.

 

Mãe também foi vítima

As duas filhas da companheira do suspeito, uma de 30 anos - mãe do menino de 7 anos - e outra de 41 anos, registraram boletim de ocorrência na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher narrando assédio sexual praticado contra o padrasto, quando elas eram menores de idade, com idades entre 9 e 10 anos.

 

Uma delas contou que ambas eram sondadas por ele quando iam tomar banho e dormiam de calças compridas, pois várias vezes acordaram com ele apalpando parte de seus corpos.

 

A duas mulheres ainda narraram que eram xingadas pelo suspeito e ameaçadas de agressão física. Essa denúncia também foi realizada em junho, logo após a denúncia na Deddica, e teve procedimento policial instaurado.

 
 

Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.