22 de junho de 2021 - 05:25

Agronegócio

06/04/2021 11:11

Milho estende ganhos na B3 e se aproxima dos R$ 100,00

A terça-feira (06) começa com os preços futuros do milho estendendo ganhos na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 0,80% e 1,41% por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento maio/21 era cotado à R$ 99,90 com elevação de 0,80%, o julho/21 valia R$ 95,63 com valorização de 1,41%, o setembro/21 era negociado por R$ 89,48 com ganho de 1,16% e o novembro/21 tinha valor de R$ 88,95 com estabilidade.

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, a safrinha brasileira ainda está indefinida após um plantio realizado muito tarde e com as lavouras em fase de risco. “Algumas regiões estão com pouca chuva e isso já começa a comprometer alguma coisa”.

Brandalizze destaca que há um recorde de área plantada, mas não se sabe o quanto será colhido. “Temos uma demanda muito apertada até o meio do ano perante a oferta e as perdas da primeira safra. Os consumidores são obrigados a pagar mais nesse milho”, aponta.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) começou a terça-feira com força altista para os preços internacionais do milho futuro. As principais cotações registravam movimentações positivas entre 1,75 e 7,50 pontos por volta das 08h59 (horário de Brasília).

O vencimento maio/21 era cotado à US$ 5,60 com valorização de 7,50 pontos, o julho/21 valia US$ 5,46 com elevação de 7,00 pontos, o setembro/21 era negociado por US$ 5,04 com alta de 1,75 pontos e o dezembro/21 tinha valor de US$ 4,90 com ganho de 2,00 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os futuros do milho em Chicago se valorizam enquanto o mercado acompanha o avanço lento do plantio da segunda safra do Brasil. A publicação cita dados da AgRural de que o milho brasileiro não foi plantado em sua janela de tempo ideal devido ao ritmo lento da colheita da soja e o momento é crítico para qualquer precipitação.

Enquanto isso, nos Estados Unidos, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) informou, em seu primeiro relatório nacional de progresso da safra do ano, que 2% das lavouras de milho foram plantadas até domingo.

Fonte: Notícias Agrícolas


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.